Fale comigo e agende sua sessão

+55 11 99719-7551

Email

abnezer@gmail.com

Horário de atendimento

Se- Sex: 7:00 as 20:00 hs

Falar sobre sexo com os filhos é tão importante quanto constrangedor para muitos pais. Vergonha e a própria educação recebida os bloqueiam para uma atitude mais natural diante desse tipo de questionamento fazendo desse um assunto difícil de transmitir em palavras.Fato é que o interesse pelo tema tem aparecido cada vez mais cedo. Então, se você ainda não falou sobre sexo com eles, saiba que a sociedade já e, muitas vezes, de uma forma que eles não conseguiram entender. Assim, com o aumento do estímulo sexual não dá para colocar o sexo distante da vida dos pequenos, até mesmo porque não é um tema proibido ou um mito a ser evitado por ninguém. Sexo existe, ainda que se ignore o assunto.

Mas, muitos pais se questionam sobre quando seria o momento ideal para se ter uma conversa desse tipo. Quando a criança começar a se interessar pelo corpo, ou pelo assunto, já pode e deve ser abordado, respeitando sempre sua curiosidade e desenvolvimento emocional. Então, nada de dizer que esse não é um assunto do seu interesse, mas tenha em mente a idade da criança. Fale de maneira simples, direta e, ao mesmo tempo, descontraída, sem ir além daquilo que foi perguntado. O ideal é trazer o assunto aos poucos, à medida que a curiosidade for aumentando, ou seja, não resumido a uma só conversa, pois permitir que o tema volte é bem mais eficiente e educativo.

Caso não haja perguntas, os pais podem tomar a frente. Divida com seu filho as dúvidas e os sentimentos que tinha na idade dele e explique que o ato sexual pode ser prazeroso e, ao mesmo tempo, trazer alguns transtornos caso não haja precauções. Não deixe de fora questões como doenças sexualmente transmissíveis, virgindade, o uso correto de método contraceptivos, a necessidade do preservativo, a influência dos amigos, o afeto que envolve o ato e, até mesmo, o abuso sexual, explicando sobre os limites e dizendo que ninguém tem o direito de tocar o seu corpo e nem de obrigá-lo a fazer algo que não queira. Informe sobre os órgãos genitais e como eles funcionam, sobre as diferenças entre os gêneros masculino e feminino, dando exemplos do dia-a- dia.

Responda ao que foi perguntado:Vale perguntar o que já se sabe sobre o assunto ou como começou essa dúvida; pois isso, ajuda no caminho que seguirá na hora da explicação, mas nada de ficar dando voltas sem responder. Tenha certeza de que seu filho teve a consideração que merecia. Respostas insuficientes não acabarão com a curiosidade e o assunto poderá ser abordado por pessoas não confiáveis. Então, responda sempre, ainda que a pergunta já tenho sido feita outras vezes, pois se ela se repete é sinal de que a criança continua confusa sobre o assunto. Escolha o momento apropriado: Uma pergunta feita em um ambiente inadequado não precisa ser respondida na mesma hora, mas deve-se deixar a garantia de que será respondida depois, em um momento oportuno. Explique que não é a hora para essa conversa e você estará preservando a relação e o seu filho.

E se eu não souber?Não precisa se preocupar afinal ninguém tem que saber de tudo. Vocês podem procurar juntos pela resposta, mas não deixe a criança sem uma. Nunca minta ou invente explicações. Responda com o mesmo cuidado que você gostaria de receber caso a dúvida fosse sua. Não precisa procurar por uma resposta perfeita, pois tudo vai depender da idade do seu filho e da intimidade que a família tem com o assunto.

Respeite a pergunta:Esse não é um assunto sem importância, assim como não é algo sujo. Cuidado com os preconceitos e não se envergonhe de uma tendência natural. Não trate o sexo como algo feio ou imoral, mas com a naturalidade que merece. Independente da idade, seus filhos podem fazer pergunta sobre sexo a qualquer momento. Isso não quer dizer que tenham interesse em fazer sexo. Não precisa se preocupar e acreditar que ao esclarecer as dúvidas, você estará estimulando precocemente a sexualidade deles.

Dr Abnézer Lima da Silva

O Psicanalista

Dr Abnézer Lima da Silva, tem formação em Medicina é Doutor em Psicanalise, tem formação em Medicina Tradicional Chinesa, Fitoterapeuta da Medicina Tradicional Chinesa, é Psicanalista, Sexólogo, Coach, Hipnologo, Psicoterapeuta Integrativo, Mestre de Reiki, lida com questões familiares, preocupações parentais e desenvolvimento infantil, jovens e adulto. Trabalha com a recuperação pessoal e depressão , dor e tristeza. Solução focada, terapia breve, resultados em curtos períodos de tempo, com resultados bem sucedidos. Seu foco específico é a Psicanálise, o Coaching e uso de Hipnose e regressão. Abnézer é um Terapeuta licenciado desde 1999. Tem Especialização em Psicologia Clinica e Hospitalar, Psicanálise, Sexologia, Reiki, Hipnose, regressãol, Administração de Empresas Coaching. tendo estudado em universidades como USP, Universidade do Grande ABC, ISEXP, Universidade Anchieta de Jundiaí, Universidade Mayor de San Simon e outros. Ele obteve sua Especialização na USP FEA/Fac de Psicologia, Faiterj, Faculdade Sul Mineira.

Especialidades
Medicina Tradicional Chinesa
Psicanálise
Sexologia
Coaching
Hipnose,
Regressão
Reiki
Ansiedade ou medos
Criança ou Adolescente
Questões de Relacionamento
assuntos:
Aconselhamento de Carreira
Dor crônica e depressão
Perturbação emocional
Dificuldades de Aprendizagem
Perda ou luto
Obsessivo-Compulsivo (TOC)
Parenting
auto-estima
Trauma e PTSD
Déficit de Atenção (TDAH)
Impulsividade crônica
habilidades de enfrentamento
Divórcio
Conflito familiar
Life Coaching
Gestão de medicação
desafiador opositivo
relacionamentos com seus pares
espiritualidade
Saúde Mental:
Transtorno bipolar
Transtornos da Personalidade
Transtornos do Controle de Impulsos
Distúrbios de pensamento
abordagem de tratamento
Tratamento Orientação:
Cognitivo-comportamental (TCC)
Família / terapia de casais
modalidade:
casais
família
indivíduos
Foco no Cliente
Orientação religiosa:espiritualismo, esoterismo, Cristianismo.
idade:
Adolescentes / Adolescentes (14 a 19)
Adultos
Crianças
Adolescentes
Idosos

Consulte
011 99719-7551 e 015 99699-1811)

Recommended Articles

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.