Emile Coué
 

 

     HOME

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



 

            O professor  Émile Coué, foi fundador, juntamente com Liebault e Bernheim da Escola de Nanci, na França, que foi o mais insigne centro divulgador da Hipnose nos Tempos modernos, é o pai da auto-hipnose.
            Autor de alguns livros sobre o tema, dois deles, publicados em português, Émile Coué, propunha uma auto-hipnose genérica, extremamente simples e, por isso mesmo, muito popular.
            Essa auto-hipnose consistia em, repetir ao acordar e antes de dormir, a seguinte frase:

     Todos os dias, sob todos os pontos de vista,  eu vou cada vez melhor !

            Essa frase se tornou muito popular no Brasil, graças a Omar Cardoso, radialista e astrólogo que a utilizava na abertura de seu programa nos anos 70.
            Segundo Coué, a mera repetição dessa frase, de maneira sistemática, ao acordar e antes de dormir, é suficiente para causar mudanças para melhor, na vida de quem a exercite.
            Dentro dos princípios da hipnose clássica, sabemos que os momentos logo após o acordar ou instantes antes de adormecermos, denominada zona do crepúsculo (twilight zone), são os momentos em que nossa mente inconsciente está mais aflorada e portanto mais propensa a aceitar sugestões.
            Evidentemente, a fórmula de Coué pode ser ligeiramente modificada, com fins mais específicos; por exemplo:

            Todos os dias, sob todos os pontos de vista, minha saúde vai cada vez melhor.

            Todos os dias sob todos os pontos de vista, meus recursos financeiros vão cada vez melhor.

            Todos os dias, sob todos os pontos de vista, meus estudos vão cada vez melhor.


            Crie uma frase que atenda suas expectativas e adquira o hábito de repeti-la logo ao acordar, ou pouco antes de dormir            
           O  pensador francês Emile Coué, afirma em um dos seus livros,que "uma pessoa quando está numa briga íntima entre a imaginação e a razão, a imaginação sempre é a vencedora”.

O que será que ele  quer dizer com isso?

Ele apenas estava afirmando, que a imaginação domina nossas vidas. tudo que eu imagino, posso vir a concretizar, e tudo o que eu imagino, é o que está cheio o meu coração....mas como assim... eu não entendi?

Entendeu sim.... aquilo que eu imagino, aquilo que me pego a pensar, e até elaboro em cima, são os padrões que estão cristalizados e preciso fazer um esforço enorme, intenso, intermitente, senão não consigo me libertar dele. estes padrões cristalizados são as paixões de nossas vidas.

são as paixões que meu coração desenvolveu e não quer abrir mão.

olhe para alguma coisa que você se comprometeu a mudar e não consegue. pare um pouco e veja seus sentimentos... indague agora porque não conseguiu mudar... perceba, que aquilo que você não quer mudar, é porque tem paixão... está apaixonado por esta postura, atitude ou comportamento.

dou um exemplo para quem fuma e tentou parar diversas vezes... você já se deu diversas desculpas por não conseguir parar, mas olhe-se agora e perceba que só não parou, porque gosta do cigarro e não tem coragem de praticar o desapego.

a mesma coisa é com um vício comportamental... é como o egoísmo, a vaidade, a rigidez, a necessidade de controlar a vida do outro, a necessidade de ser maledicente e falar mal da vida do próximo... a necessidade que tenho de me fazer notado...a necessidade que tenho em me queixar da vida ou de alguma pessoa, como se a vida ou alguém pudesse ser responsável pelo que acontece comigo.

todas estas coisas que não mudo, é porque tenho apego e paixão... são os defeitos de alma, que desenvolvi na minha trajetória e não quero abrir mão.....e não quero abrir mão porque estou apaixonado... são coisas que na maioria das vezes me envergonho, mas não quero abrir mão... o apego e a paixão são maiores do que a vergonha....

muitos destes padrões eu trago comigo em diversas encarnações e preciso hoje, aprender a resolver esta pendência e não levar para outra vida, este mesmo defeito. não há mais tempo, a mudança tem que ser feita agora, amanhã talvez seja tarde.

você está cansado dele?... quer se libertar?.... olhe seu coração e veja em primeiro lugar se você quer mesmo... se não quer mesmo, não perca tempo, continue sendo assim, como você é....

ah,.... você quer se libertar. olhou seu coração e decidiu que quer se libertar... então uma dica..... questione seu comportamento.... questione fundo....

faço-lhe então esta pergunta e por favor me responda....porque você precisou deste comportamento até hoje?... o que ganhou tendo ele consigo?... Está mesmo disposto a abrir mão dele?...... se conseguir fazer isso, estará muito, mas muito bem próximo de se libertar desta coisa que lhe incomoda e estará aprendendo a lidar com sua paixão.. as paixões e os apegos estão aí, para serem transmutados.

voltando ao pensamento, quando é um pensamento que fica insistentemente em sua mente, ou um pensamento que cai hora ou outra na mente, sem que você o queira e não gosta que ele venha, da mesma maneira eu posso lhe dizer... que há um componente em você que se liga a este tipo de pensamento.... alguma coisa dentro de você, podendo ser até um sentimento destrutivo, está aí dentro de sua psiquê,

e há alguma paixão presa nele também. alguma vingança, alguma mágoa reprimida, algum desejo de destruição, uma necessidade de matar pai, mãe,(fantasia infantil) ou qualquer adulto que em algum momento lhe tratou mal .

esta energia está aí, querendo ser tratada, e está armazenada em seu subconsciente, e volta e meia ela vem para fora, porque alguma coisa no hoje a movimenta, a lembra, e ela sai do arquivo, da mesma maneira incompreensível como entrou.... de maneira desordenada , desconexa, mas como uma emoção real.

esta sombra é desenvolvida na primeira infância até os 7 anos, quando um sentimento foi reprimido e não colocado para fora de maneira adequada.

como exemplo, imagine uma criança pequena, que recebe uma reprimenda injustamente, ou mesmo justa, e agressiva, de um adulto,... qual a possibilidade que a criança teve, de por para fora o sentimento daquele momento, que estava sendo agredida?

nenhuma possibilidade,... o sentimento veio até a garganta, mas ficou preso,,, não saindo,e ficando preso, nós mandamos para o subconsciente esta mensagem, com toda a carga emocional que ela tinha...um dia, ela sai para fora e não a consigo controlar....... mas eu posso entendê-la.

outro conteúdo destas sombras, são as chamadas memórias extra-cerebrais, que são comportamentos aprendidos e praticados em outras vidas e que estão agora na nossa mente., como se fosse uma sombra.

posso lhes afirmar,... temos em nossa psiquê milhares destas sombras, todas arquivadas, esperando o momento propício de saírem para fora, e nos causar o mesmo mal estar, que já nos causou na infância ou na outra vida, no momento que ela foi instalada.

uma dica , caso você queira começar a se livrar destas sombras.... quando o pensamento da sombra aparecer.... questione-o,...... pergunte-lhe... porque você está aí..... ou porquê você pensa assim.... ou o que ele quer sendo e pensando assim... converse com seu pensamento, como se fosse uma outra pessoa, pois na verdade isto não é seu, não é de sua alma, e se enfrentá-lo e confrontá-lo, você diminue sua força, seu domínio, deixando-o cada vez mais fraco, e cada vez menos irá importuná-lo.

volto a insistir,....se quiser se livrar de uma sombra, não fuja dela, enfrente-a, só assim poderá melhorar.... você se lembra daquela frase...conheça a verdade e ela te libertará..? se assim o fizer, logo estará livre daquilo que o faz sofrer... este é um trabalho seu, de auto-disciplina.... só você poderá fazê-lo. 

A auto-sugestão é um instrumento do qual precisamos saber utilizar-nos como acontece com qualquer instrumento. Um ótimo fuzil, em mãos inexperientes, dá péssimos resultados, mas, quanto mais hábeis vão ficando essas mãos, mais facilmente as balas atingem o alvo. 

Emile dizia que nunca curou ninguém, apenas ensinava as pessoas a se curar. Não há duvida de que as curas aconteceram - elas estão bem documentadas - mas o método Coué praticamente desapareceu desde a sua morte em 1926. Se esse método fosse tão complexo que apenas alguns especialistas pudessem aprender a praticá-lo, certamente continuaria sendo usado até hoje. Mas é um método simples. Todos podem aprender a praticá-lo. Sua essência está no Controle Mental.

Nele há dois princípios básicos:

1 - Só podemos pensar numa coisa de cada vez, e

2 - Quando nos concentramos num pensamento, esse pensamento se torna 

Autodomínio Através da Auto-Sugestão  verdade porque nosso corpo o transforma em ação.

 Portanto, se você quiser ativar os mecanismos curativos de seu corpo, que podem estar bloqueados por pensamentos negativos (conscientes ou inconscientes), apenas repita vinte vezes seguidas "A cada dia, e de todas as formas, estou ficando melhor e melhor." Faça isso duas vezes por dia, e estará pondo em prática o método do Dr. Coué.

 Relaxamento e indução do transe

O relaxamento é uma técnica bastante antiga (já era praticada há mais de dois mil anos pelos iogues) para aliviar corpo e mente das tensões do dia a dia e, desta forma, permitir que o espírito (mente) alcance a iluminação (conhecimento, sabedoria, felicidade).

No século XVIII, o farmacêutico francês Emile Coué - um entusiasta das técnicas hipnóticas - descobriu que não era necessário "hipnotizar" um paciente para induzi-lo a reagir desta ou daquela forma. Bastava "relaxar" o paciente e "fazer a sugestão", com voz firme, decidida, para obter o mesmo resultado.

Mais recentemente, o pesquisador búlgaro Georgi Lozanov também "recuperou" a velha técnica iogue de relaxamento para levar seus alunos ao "estado de vigília relaxada", ideal para a aprendizagem. A técnica desenvolvida por Lozanov foi denominada Sugestopedia e, de certa forma, segue o que Coué já havia descrito duzentos anos atrás. Cabe registrar que, através da Sugestopedia, os alunos de Lozanov conseguiam aprender uma língua estrangeira em apenas quatro ou cinco dias. Fantástico, não é mesmo?

O princípio da auto-hipnose é bastante elementar e consiste basicamente na seguinte afirmação: "se você memoriza, você aprende; se você aprende, você reproduz; se você APRENDE BEM, é capaz de reproduzir AUTOMATICAMENTE".

Ora, se aprendemos melhor (e isto está cientificamente provado) quando estamos no "estado de vigília relaxada" (com o cérebro operando na faixa de 8 a 12 ciclos por segundo), e se as técnicas de relaxamento fazem abaixar as ondas cerebrais para este nível, nada melhor do que "relaxar para aprender".

Ocorre, entretanto, que o nosso processo de aprendizagem não se limita só a informações lógicas e concretas. Somos também capazes de aprender princípios éticos, morais, regras de conduta, novos hábitos etc. Tudo isto é aprendizagem e, portanto, todas estas "informações" podem ser conduzidas ao subconsciente da pessoa em estado de relaxamento.

Hoje em dia sabemos, através de pesquisas, que o ser humano é capaz de memorizar:

10% do que lê
20% do que ouve
30% do que vê
70% do que diz de si próprio
90% do que se faz (pratica)

Ora, partindo-se destes dados não é difícil entender por que as "auto-sugestões" podem modificar radicalmente as nossas reações - somáticas e/ou psicológicas - diante de certas situações. É tudo uma simples questão de "aprendizagem".

A técnica do relaxamento

A hora mais indicada para aprender e exercitar o relaxamento profundo, isto é, a auto-hipnose, são os minutos antes de você adormecer(*). Nesse momento, a pessoa ainda tem pleno domínio sobre a consciência ao mesmo tempo em que, lentamente, suas ondas mentais baixam de nível, situando-se em torno de 8 a 10 ciclos por segundo. Mesmo sem esse relaxamento, em poucos minutos o consciente abre espaço à hegemonia mental do subconsciente e a pessoa dorme. O "relaxamento programado", entretanto, abre passagem para o subconsciente antes mesmo que a pessoa durma. Isso é importante porque, durante o sono, ninguém pode dar ordens a si mesmo

Quando você começa a ficar com sono - aquele período crepuscular entre estar totalmente acordado e totalmente dormindo - suas ondas cerebrais mudam, para ficar na faixa de 4 a 7 ciclos por segundo, ou seja, nível teta. Antes, entretanto, de você atingir este estado, sua mente opera no nível alfa (baixo) por alguns minutos, e que segundo o Dr.Terry Wyler Webb, é a faixa apropriada para que sejam atingidos os níveis mais profundos da mente, ou seja, a mente subconsciente. É nos estados alfa e teta que as grandes proezas da supermemória - juntamente com os poderes de concentração e criatividade - são atingidos.

Faça de acordo com este roteiro:

Recorte uma rodelinha de cartolina branca ou amarela, de dois centímetros de diâmetro, e cole na parede onde encosta a cabeceira da sua cama, a uns oitenta centímetros acima do colchão. Esta rodelinha deve ficar nesta posição para que você seja obrigado a olhar para trás durante o exercício. Isto vai forçar os músculos oculares e cansá-los em pouco tempo.

Você já está na cama, pronto para dormir. Nada mais tem a fazer; as portas já estão fechadas e as janelas isolam o excesso do barulho de fora, se bem que o barulho ininterrupto e sempre da mesma intensidade, como o do trânsito que flui lá fora, perturba menos que um despertador, a campainha do telefone ou o latido de um cão no quintal do vizinho. Mas você está pronto, as luzes estão apagadas e você está deitado, de costas; as pernas não se cruzam e os braços estão dispostos ao longo do corpo, sem tocá-lo.

Fixe então os olhos na tal rodelinha de cartolina, respire fundo duas ou três vezes e, sem jamais tirar os olhos deste ponto, pense nos seus pés. Diga a si mesmo, mentalmente, que você usou estas pernas o dia todo e ponha na cabeça que está muito cansado de uma longa caminhada que acaba de fazer. Imagine que seus pés estão cansados, pesados, parecendo de chumbo. Espere alguns instantes até sentir, realmente, seus pés pesados. Depois faça com que esta sensação de peso vá subindo pelo corpo: barriga da perna, joelhos, coxas, costas, nuca. Procure sentir que estão realmente pesados, muito pesado.

Em geral, suas pálpebras se fecham naturalmente, por si mesmas, enquanto você se concentra no sentimento de peso nas canelas, joelhos, e por todo o corpo.

Se isto ocorreu, você já atingiu a fase mais importante do relaxamento profundo. Nos primeiros dias, isso poderá levar até uns cinco minutos, porém, normalmente, isto ocorre mais depressa. Depois de algum treinamento, isto ocorrerá antes mesmo de você contar até três. Pessoas inteligentes, disciplinadas, de grande força de vontade, mental e espiritualmente sadia são as que atingem este ponto mais rapidamente. Esta prática, contudo, não é recomendável para pessoas com arteriosclerose acentuada ou doente mentais. As pessoas mais jovens aprendem o relaxamento profundo em pouco tempo.

Continuando...

Assim que perceber os olhos fechados, diga mentalmente a si mesmo: “Da próxima vez entrarei mais depressa e mais intensamente no estado de profundo relaxamento; a cada vez que pratico o relaxamento profundo chego mais depressa e mais intensamente a este estado”.

Neste exato momento, os poros do seu subconsciente estão abertos e isso quer dizer que você pode ditar tarefas para si mesmo, tarefas estas que posteriormente se realizarão, supondo-se, naturalmente, que estas tarefas ou ordens sejam racionais, executáveis e possíveis de serem realizadas por você. Veja um exemplo de uma ordem racional e executável que pode ser dada por qualquer pessoa e realizada, posteriormente, com êxito: “Daqui em diante, comerei vagarosamente, mastigando bem”, ou, “Eu qualquer situação ou sob qualquer circunstância, eu mantenho sempre absolutamente calmo tranqüilo.”

Você também pode melhorar sensivelmente a sua aparência, adquirindo até mesmo ares atraentes, dando esta ordem ao seu subconsciente : “Minha expressão é sempre jovial, meus olhos estão sempre brilhando e mantenho sempre uma postura bonita e atraente”.

Seja qual for a "sugestão" que você dê a si mesmo (dentro dos limites racionais) saiba que ela será reproduzida AUTOMATICAMENTE diante das situações convencionadas. Aprenda isto: devidamente relaxado, você pode dar "ordens de cura" ou "ordens de conduta" a si mesmo, e elas serão "admitidas" pelo seu subconsciente e provocarão, conseqüentemente, mudanças muito sensíveis na sua vida. Acredite nisso!

O controle mental é usado nos mais avançados centros de pesquisas da saúde no recuperação da saúde física e mental, bem como no melhor relacionamento interpessoal e intrapessoal, na suposição de que ela abre as portas para o demônio entrar é de tal simplicidade que nos remete à idade das pedras, além de um fanatismo inconcebível.

As técnicas de controle mental são conceitos defendidos por respeitados e famosos cientistas da área. Não tem, em absoluto, contra indicação. Basta aplicá-la corretamente e positivamente. Na metodologia que criei é fundamental e necessário

o exercício das técnicas mentais para o melhor e mais produtivo uso da paranormalidade, principalmente para reorganizar e equilibrar o mundo interior humano. Como mundo interior entendemos o inconsciente, pré-consciente, subconsciente e outros nomes correlatos.

Esses exercícios são feitos em níveis cerebrais betas, alfa, teta e delta. Em nível cerebral beta, com a freqüência de 14 a 21 CPS (ciclos por segundo), logo com o uso dos sentidos externos: visão, audição, paladar, olfato e tato, o treinamento precisa ser cuidadoso para não estabelecermos programações ou reprogramações mentais indevidas e prejudiciais. Essas programações mentais são elaboradas e projetadas através de entrevistas, conversas, palestras, conferências, cursos e muita leitura.

Claro, sempre positivas, saudáveis e produtivas. Nada de "alimentos mentais estragados" negativos, pessimistas,depressivos e doentios. Tudo aquilo indesejável, negativo, ruim e danoso, jogue para o passado. Já era. Esquecer você não esquece, mas deixa de influir e pesar na sua vida. Eu era tenso. Eu era nervoso. Eu era agressivo. Eu era pessimista e depressivo. Eu não via o mundo legal. Eu não gostava do meu pai, da minha mãe, do sogro, da sogra, de outros parentes. Tudo para o passado. 

Não ficar ruminando essas cenas e fatos desagradáveis e doentios. Você não está se enganando. Enganado você estava pensando que era todo esse lamaçal programado no seu interior e, por conseqüência, teria de vivenciar tudo isso sem direito de acertar o passo da vida.

Nada de preguiça ou acomodação mental. Mãos à obra. Você pode e merece ser feliz, com saúde e sucesso holístico. Nada há de ilusão nesses conceitos. O Dr.Emile Coué, psicoterapeuta francês, foi ridicularizado pelo seu método simples de ajuda na recuperação das enfermidades físicas e mentais. O tempo mostrou e comprovou o valor de suas teorias.

  Fale Comigo